A força da Certificação Digital no Brasil

historia-do-certificado

O ano de 2001 foi de grande importância para o impulsionamento do certificado digital no Brasil. Com o intuito na simplificação no envio de documentos e redução de custos, a tecnologia, hoje, é essencial para garantias jurídicas de informações enviadas pela rede.

Após entrar em vigor a Medida Provisória nº 2.200-2, que instituiu a ICP-Brasil – estrutura hierárquica de autoridades certificadoras ligadas ao governo brasileiro – , firmando a autenticidade e validade jurídica ao processo, a Certificação começou a ganhar força em um mercado que, 15 anos depois, emitiria dez milhões de certificados e que viria, constantemente, a conquistar seu espaço na substituição do físico para o digital.

A partir daí, com mais segurança e confiabilidade na hora do envio das informações e documentos, as assinaturas eletrônicas com validade jurídica começaram a fazer parte do dia a dia do brasileiro.

A criação da ICP-Brasil contribuiu para o progresso e modernização da Certificação. Com o órgão regulamentador, foi possível assegurar confiabilidade na execução do processo. Com isso, para emissão de qualquer certificado, hoje, no Brasil, as autoridades certificadoras precisam fazer parte da ICP-Brasil.

O certificado digital funciona como uma garantia de que você está realmente seguro, através do processo de homologações e assinaturas criptografadas. As assinaturas digitais só podem ser aceitas quando são certificadas por alguma autoridade, que vai associar a uma chave e criar, então, o certificado digital, que tem um valor jurídico”, afirma Victor Ruiz, gerente comercial da Gigatron.

Atualmente, a tecnologia é utilizada por diversos órgãos e estabelecimentos. Os bancos, por exemplo, empregam a Certificação em seus sistemas e transações de pagamentos. Nas universidades, a aplicação do certificado é no controle dos bolsistas do ProUni, onde os processos são todos realizados de maneira eletrônica. E até no judiciário, onde advogados e juízes recorrem ao sistema para a realização das obrigatoriedades.

De acordo com a Associação Nacional de Certificação (ANCD), no ano de 2015 houve um crescimento de 28% comparado com 2014. Ainda segundo a organização, a projeção para até o fim de 2016 era um aumento de 20% em um comparativo com 2015.

A certificação digital hoje permite que processos que tinham que ser realizados pessoalmente ou por meio de inúmeros documentos em papel, possam ser feitos totalmente por via eletrônica. Com isso, tornam-se menos burocráticos, mais rápidos e por conseguinte, mais baratos”, explica Victor.

Publicado em Franquias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Insira seu e-mail para seguir esse blog e receber nossas novidades.

Junte-se a 2.320 outros seguidores

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
Gigatron Franchising
(18) 98132-8386
Segunda a Sexta das 08:00 as 18:00
e-mail: comercial@gigatron.com.br
%d blogueiros gostam disto: