O que evitar em um almoço de negócios

almoco-negocios-nova-389

Almoços de negócios são grandes oportunidades para firmar parcerias e se aproximar do cliente. No entanto, apesar de ser uma ocasião menos formal que um encontro no escritório, as regras de etiqueta empresarial continuam sendo fundamentais.

O site da revista Inc. fez um artigo sobre quais são os deslizes mais cometidos à mesa. Saiba quais são e evite-os:

1. Não “quebrar o gelo”
Você se senta à mesa com seu acompanhante para falar de negócios. Mas você não pode ir direto ao ponto, pois tal postura pode parecer rude. Pergunte sobre a família, viagens e novidades na vida do seu interlocutor. Outra vantagem de “quebrar o gelo” é que você deixa a pessoa mais à vontade para os assuntos que vêm a seguir.

2. “Atacar” o prato
O almoço foi feito para que comamos, claro. Só que você foi ao restaurante a trabalho e – infelizmente, para muitos – é preciso dividir a atenção entre a comida e seu convidado. Não deixe a comida distraí-lo do principal objetivo do encontro, que é firmar parcerias importantes para seu empreendimento.

3. Não fazer contato visual
Este é um dos efeitos colaterais sentidos por quem vai com muita fome ao prato. Ao dar atenção total à comida, você deixa de olhar nos olhos do seu acompanhante. De acordo com o artigo, o contato visual é importante no esforço de conquistar a confiança de alguém.

4. Ser polêmico
Vale repetir: ao “quebrar o gelo”, aposte em assuntos mais amenos. Não vá falar de política e de temas mais espinhosos. Apesar de o encontro ser profissional, alguma discordância pessoal pode impedir, por exemplo, que um acordo seja fechado entre as partes.

5. Ser íntimo demais
Entenda que “ser simpático” é diferente de “tentar ser amigo”. Há assuntos, de cunho pessoal, que não devem ser trazidos à tona. Da mesma forma, assuntos corporativos, mas estratégicos demais, ficam de fora. Você está no almoço para fazer negócios, não para ser inconveniente.

6. “Puxar o saco” de uma pessoa só
Dica importante para almoços com mais de duas pessoas. O artigo afirma que uma tática importante para conquistar a confiança de alguém é por meio de elogios. Porém, não o faça – ou não direcione os afagos para um único participante – quando a mesa estiver cheia. Isso pode gerar ciúme entre os outros envolvidos no encontro.

7. Cruzar os braços
Sua linguagem corporal é tão (ou mais) importante que as palavras que você diz. Ao cruzar os braços, você passa a impressão de que está fechado para novas ideias. Por isso, mantenha as mãos abertas e os braços longe de seu tronco, para mostrar que você está a fim de ouvir o que seu convidado tem a dizer.

Fonte:  Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios

Publicado em Franquias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Insira seu e-mail para seguir esse blog e receber nossas novidades.

Junte-se a 2.322 outros seguidores

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
Gigatron Franchising
(18) 98132-8386
Segunda a Sexta das 08:00 as 18:00
e-mail: comercial@gigatron.com.br
%d blogueiros gostam disto: