Maior parte do fornecimento de TI corporativa será feita por meio da nuvem até 2016

Um estudo encomendado à Coleman Parkes Research pela HP indica que 75% do fornecimento de TI corporativa serão feitos por meio de computação em nuvem até 2016. O índice de recursos de tecnologia fornecidos via nuvem privada chegará a 39%, por nuvem gerenciada a 21% (nuvem privada gerenciada por terceiros) e através de nuvem pública, a 15%. Apesar da expansão dos serviços em nuvem, o modelo tradicional de provimento de TI continuará sendo crucial, respondendo por 25% da oferta.

As rápidas taxas de adoção às tecnologias de cloud computing são atribuídas as expectativas dos entrevistados de que os serviços de nuvem  irão reduzir os custos (68%), proporcionar maior agilidade (59%) e melhorar os serviços ao cidadão (55%). Entretanto, 48% das organizações admitem não estar recebendo nenhuma análise sobre o retorno sobre o investimento (ROI) de suas iniciativas de nuvem.

A pesquisa também destacou os fatores críticos para implementar uma estratégia de nuvem. As principais barreiras para sua adoção estão relacionadas a definição de acordos de nível de serviço (SLAs) para 68% dos entrevistados, conformidade com governança e regulamentações (63%), gerenciamento de problemas com soberania de dados (62%) e identificação do parceiro estratégico adequado (62%).

Mais da metade das empresas pesquisadas (54%) criou uma estratégia de fornecimento de nuvem para migrar aplicações e cargas de trabalho para a nuvem. Dessas organizações, as aplicações mais importantes que devem ser transferidas para a nuvem são controle de relacionamento com o cliente (CRM), para 71%, backup e armazenamento do banco de dados, para 67%, e armazenamento e arquivamento, de acordo com 65%, com as aplicações financeiras sendo as menos prováveis de passarem por essa transição.

Os participantes avaliaram a segurança (72%), SLAs de alta especificação (61%) e a capacidade de lidar com cargas de trabalho de nível corporativo (59%) como as capacidades mais importantes no uso de nuvem pública, com soluções baseadas em pay-per-use (pagamento conforme o uso) avaliadas como as menos importantes, por apenas 39% dos entrevistados.

O estudo foi realizado em abril com 550 executivos de TI de empresas na América do Norte (Estados Unidos e Canadá), Europa e Oriente Médio (República Tcheca, França, Dinamarca, Alemanha, Rússia, Emirados Árabes Unidos e Reino Unido), Ásia-Pacífico (Austrália, China, Índia, Japão e Coreia do Sul) e América Latina (Brasil e México).

fonte: Convergcom

Rede de franquias em tecnologia

Publicado em Noticias de TI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Insira seu e-mail para seguir esse blog e receber nossas novidades.

Junte-se a 2.318 outros seguidores

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
Gigatron Franchising
(18) 98132-8386
Segunda a Sexta das 08:00 as 18:00
e-mail: comercial@gigatron.com.br
%d blogueiros gostam disto: