BRASIL, O PAIS DAS ETNIAS

Escrito por Marcelo Salomão Guimarães

about.me http://about.me/marcelo.salomaoguimaraes

Sabemos que o Brasil é muito grande, não só em extensão territorial como em população, somos compostos por 26 estados mais o Distrito Federal e somos uma população de quase 200 milhões de pessoas, o que cria cenários completamente diferentes quando falamos em Tecnologia da Informação.

O título desse artigo traz a palavra ETNIA, que tem tudo a ver com o mercado brasileiro de tecnologia, “Uma etnia ou um grupo étnico é uma comunidade humana definida por afinidades linguísticas e culturais: wikipedia”, logo o mesmo acontece no setor tecnológico, vou explicar:

Atuando em vários estados brasileiros com implantação de softwares dos mais variados tipos, percebi que cada região ou cidade tem suas características e que devem muito ser levado em consideração, pois uma empresa de TI que quer atender todo o Brasil deve levar o fator regional em consideração.

O mercado de tecnologia brasileiro é muito complexo, para entender um pouco mais vou dividir grosseiramente o setor de TI em 3, mas com certeza uma divisão detalhada conseguiríamos ter pelo menos 50 partes.

SOFTWARE DE GESTÃO: Esse é o principal, dificilmente entramos em um
estabelecimento comercial em que não tenha um computador sobre a mesa. De alguma forma o empresário precisa gerir o seu negócio, logo é necessário um software que contemple suas principais necessidades (estoque, finanças, faturamento, vendas, clientes, fornecedores…).

Julgo ser o principal e o mais complexo, pois no Brasil temos 3 esferas, a Federal, Estadual e Municipal, dai o tamanho de tanta complexidade e o grande desafio que as empresas de software tem em desenvolver um produto que seja adequado a todos esses cenários, onde a legislação da nota fiscal de serviço é regida pelo município, a nota fiscal de produto está sobe a guarda do estado e todo o resto sobre o governo federal e para tudo isso funcionar dependemos da internet.

SETOR DIGITAL: O setor que vem em forte crescimento mas ainda tem barreiras culturais, onde muitos empresários ainda não sabem pra que e como utilizar, sem falar que muitos acham que é dinheiro jogado fora. Muitos empresários ainda não perceberam que esse é o futuro, é só olhar o números, cada vez mais vendemos celulares, tablets, notebooks…, o que esse povo faz com esses equipamentos? Navegam no mundo das redes sociais, pesquisam, se divertem, interagem e também compram, e compram muito!
O interessante é que o povo brasileiro é curioso e gosta de novidades, em meio as várias “febres” que nós tivemos, lembro-me do Orkut que não durou muito, agora estamos no Instagran, Linkdin, twiter, Facebook e muitas outras, já é visível que estamos em um caminho sem volta e as redes sociais vieram para ficar, mas por que existe um fluxo grande das redes sociais em apenas alguns estados brasileiros? A resposta é simples: Infraestrutura.

INFRAESTRUTURA: O Brasil vive um grande momento, somos a bola da vez, mas confesso que fico atordoado com o problema de infraestrutura que temos.

Em dezembro de 2012 estive visitando algumas franquias de nossa empresa no estado do Pará e expondo na feira do empreendedor promovido pelo SEBRAE, Belém é uma cidade maravilhosa, acho que foi a melhor feira de 2012 que participamos, uma super infraestrutura local, mas a internet não funcionou direito,isso não é exclusividade de lá, o mesmo aconteceu na feira em Natal/RN e várias outras.

Imagina que para visitar algumas cidades no Pará onde alguns clientes precisavam de visitas, precisamos atravessar o rio de barco e com hora marcada para voltar, se perder o barco…, só no outro dia. Muitas cidades ainda nem sinal de internet tem, e quando tem é aquele modem 3G que as operadoras vendem em lindas propagandas mas que a conexão é mais lenta que internet discada.

Diante desses três setores do mercado de tecnologia do Brasil, fica a pergunta, como nosso governo quer implantar a nota fiscal eletrônica de produto e serviço, quer trazer uma copa do mundo, promover o Brasil sem ter qualquer infraestrutura tecnológica?.
O que vejo é que vamos avançar muito, o Brasil tem muitas oportunidades, do Oiapoque ao Chui, outro dia com alguns amigos em uma mesa de bar, estávamos discutindo o que faríamos se ganhássemos na mega sena, fui curto e grosso, investiria tudo em tecnologia da informação.

Rede de franquias em tecnologia

Publicado em Artigo, Tecnologias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Insira seu e-mail para seguir esse blog e receber nossas novidades.

Junte-se a 2.318 outros seguidores

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
Gigatron Franchising
(18) 98132-8386
Segunda a Sexta das 08:00 as 18:00
e-mail: comercial@gigatron.com.br
%d blogueiros gostam disto: