Você conhece o GigaChef?

Giga Chef Gigatron

A administração do ambiente de trabalho exige organização, planejamento e muito cautela quanto às diversas movimentações da empresa. Softwares e sistema de gestão cada vez mais são utilizados por estabelecimentos na intenção de um controle mais seguro, prático e cuidoso.

O GigaChef, gerenciador desenvolvido pela Gigatron Franchising, é um sistema específico de gestão para estabelecimentos atuantes no mercado gastronômico.

Sendo assim, Simone Russo, Gerente de Projetos, explica quais são as funcionalidades do GigaChef. Veja:

O que é e qual a proposta do GigaChef?

Simone: O GigaChef é um software de gestão para restaurantes, bares, boates, praças de alimentação, food trucks e outros estabelecimentos do ramo alimentício. Ele gerencia a retaguarda (estoque, faturas a pagar) , frente de caixa (pedidos, fechamento de contas) e a preparação de pedidos (envio automático à cozinha).

Por quais motivos houve a “necessidade” da criação do software?

Simone: Parte dos clientes da Gigatron atua no mercado gastronômico. Então, criamos inicialmente um módulo para atender a parte específica do negócio.

Com isso, o produto foi projetado devido à necessidade que tais estabelecimentos têm de controlar, por exemplo, estoque de produtos comercializados e matérias primas, contas a pagar, preparação de pedidos, finalização da conta, pagamento no caixa e demais atividades.

O sistema procura atender bares, restaurantes, casas noturnas e demais estabelecimentos. Em quais aspectos o sistema facilita o gerenciamento nestes locais?

Simone: Desde o setor de compras, abastecimento do estoque e pagamento de fornecedores até o gerenciamento de pedidos, preparação dos pratos, finalização das contas e relatórios gerenciais que permitem ao administrador tomar decisões.

Do ponto de vista empresarial, quais são as vantagens em adquirir o sistema?

Simone: Total gestão sobre o negócio, moldando o produto aos aspectos operacionais específicos do estabelecimento.

Sabe-se da extrema importância da administração e gerenciamento empresarial. O GigaChef proporciona grande contribuição nesse âmbito?

Simone: Sim, pois gerencia e controla todos os setores do estabelecimento, diminuindo a interação manual nos processos evitando margem de erro.

E qual é o procedimento para obter o gerenciador em seu estabelecimento?

Simone: Entrar em contato com uma franquia Gigatron e solicitar uma apresentação.

Para mais informações, acesse www.gigachef.com.br .

Publicado em Franquias

A juventude no cenário empreendedor

Empreendedor Gigatron

Está cada vez mais frequente o jovem no mercado empreendedor. Com a inserção de novos métodos de comunicação e de uma frequente busca por um futuro rentável, a juventude brasileira não está perdendo tempo: 80% dos jovens querem desfrutar de uma carreira empreendedora nos próximos dez anos e 56% querem se tornar empreendedores no prazo de dois a quatro anos, diz a pesquisa idealizada pela instituição Getúlio Vargas.

E esse interesse em adentar ao empreendedorismo traz grandes benefícios para a economia, de um modo geral. Sendo assim, é possível traçar um “perfil” desses novos investidores.

Segundo análise realizada em 2015 pela Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje), em parceria com a Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios, “Sexo masculino, idade entre 26 e 30 anos, ensino superior completo, microempresário, com apenas uma empresa no nome e faturamento anual de R$ 60 mil a R$ 360 mil, além de vontade de investir em um novo segmento de negócio” são as características do jovem investidor brasileiro.

Entre os motivos de entrada ao mercado estão a crise econômica financeira no país, o alto índice de desemprego, a busca por novos nichos de investimento e a vontade de ter o negócio próprio.

Além disso, com base no levantamento “Empreendedores Brasileiros: Perfis e Percepções 2013”, realizada pela Endeavor Brasil com o apoio da Ibope Inteligência, foi possível idealizar as peculiaridades desses jovens. Em conformidade com a pesquisa: desbravador, empolgado, provedor, apaixonado, antenado, independente, arrojado, pragmático, lutador.

Todavia, é importante estar atento com o interesse no segmento. De nada adianta escolher um foco para investir sem estar familiarizado com o mesmo, nem sequer se interessar com o meio.

Não adianta fazer algo que não gosta. Por exemplo, em meu caso, adoro tecnologia, coisas inovadoras, pessoas… Por isso, faço tudo com muita paixão. Seja um empreendedor de sucesso mesmo não ganhando muito dinheiro, sendo feliz com suas escolhas e suas conquistas”, afirma Marcelo Salomão, CEO da Gigatron Franchising.

Publicado em Franquias

O emprego do Certificado Digital na área da saúde

Laudos Médicos - Certificado Digital Gigatron

No último dia 19 de julho, em determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a utilização de Certificado Digital para o âmbito da saúde passou a ser obrigatória. A medida foi realizada na intenção de garantir maior autenticidade, segurança e praticidade.

Como exemplo dessas mudanças, a emissão de laudos e prontuários médicos, antes preenchidos manualmente por médicos e enfermeiros, têm sua migração para o meio digital, por intermédio do certificado. Com isso, a garantia da validade jurídica fornecida pelo documento assegura proteção para possíveis fraudes.

O certificado digital funciona como uma garantia de que você está realmente seguro, através do processo de homologações e assinaturas criptografadas. As assinaturas digitais só podem ser aceitas quando são certificadas por alguma autoridade, que vai associar a uma chave e criar, então, o certificado digital, que tem um valor jurídico”, explica Victor Ruiz, agente de registro da franquia de certificados digitais da Gigatron.

Para os profissionais da saúde, é necessário ficar atento aos tipos de certificado para determinados processos. Veja:

DMED – Declaração de Serviços Médicos: Certificado Digital e-CNPJ A1 ou A3;

SISREL – Sistema de Ressarcimento SUS: Certificado Digital e-CPF A1 ou A3;

TISS – Troca de Informações em Saúde Suplementar: Certificado Digital e-CNPJ e e-CPF A1 ou A3;

PEP – Prontuário Eletrônico do Paciente: e-CNPJ e e-CPF A1 ou A3.

A medida, além de simplificar o atendimento tanto para profissionais quanto para pacientes, permite redução de custos em impressão, manuseio e armazenagem de arquivos.

Para mais informações a respeito do Certificado Digital, acesse www.gigatron.com.br.

 

Publicado em Franquias

5 funcionalidades do software GigaERP – que você provavelmente não sabia

Giga ERP

Por ser um sistema que tem a possibilidade de gerenciar processos de vendas, finanças, fluxo de caixa, fiscais, estoque, produção e logística, o software GigaERP é bastante utilizado por pequenos e médios varejistas.

A solução prima por facilitar ao empresário a gerência completa dos processos administrativos empresariais.

Entretanto, o sistema conta com algumas funções a aplicações que você, possivelmente, não conhece. Listamos cinco delas, veja:

1. Uso integrado com SMS para alertas
O sistema pode ser parametrizado para que alguém da loja recebe um SMS em situações que se deseja gerenciar, tais como: fechamento de caixa, desconto acima do permitido, entre outras coisas afins.

2. Possibilidade de consulta de crédito externo junto ao SPC Legal
Uma das grandes vantagens do software. Além das demais funcionalidades, permite ao usuário a consulta de crédito.

3. Controle de vale presente, fidelização e haver nas vendas
Controle sobre a venda de um presente, cujo agraciado pode retirar posteriormente na loja. Quanto a fidelização, funciona como plano de monetização do cliente, de acordo com compras realizadas.

Com o haver nas vendas, o controle financeiro de crédito pode ser utilizado pelo cliente para pagamento em compras futuras.

4. Sugestão automática para reposição do estoque
Um grande auxílio para melhoria das reposições de estoque. Com o GigaERP você pode se utilizar do serviço de uma maneira mais simples.

5. Sugestão automática de compras
O sistema pode contribuir com a gestão do negócio – desde que parametrizado para isso. De acordo com parâmetros e um histórico de consumo do produto, o sistema é capaz de sugerir uma quantidade para compra daquele mesmo produto.

É importante salientar que o mecanismo apenas sugere a compra, não a realizando automaticamente sem a permissão do usuário.

Ou seja, caso algum produto esteja em baixa quantidade, você é avisado para a compra.

Para mais informações a respeito do software, acesse www.gigaerp.com.br.

Publicado em Franquias

5 dicas para futuros empreendedores

Portrait of a smiling man looking relaxed and confident in his workspace where he roasts coffee beans and distributes them

O empreendedor Marcelo Salomão listou algumas orientações para quem deseja abrir seu próprio negócio.

Uma pesquisa realizada no mês de abril do ano passado constatou que cerca de 38,5 milhões de brasileiros desejam empreender ou abrir seu próprio negócio. O levantamento feito pelo Instituto Data Popular ainda revelou que, desse número, 78% já pensam e se preparam para a abertura do estabelecimento ou negócio próprio.

Entre os diversos fatores que levam a mudança, estão a necessidade de uma renda extra e iniciativa de ser o respectivo “patrão”.

Entretanto, iniciar nessa vida empreendedora tem seus desafios. Marcelo Salomão, diretor executivo da Gigatron Franchising – empresa atuante no setor de tecnologia – e empreendedor desde os 16 anos de idade, listou cinco dicas para quem deseja se inserir no mercado com seu próprio negócio. São elas:

1. Faça muita pesquisa

De acordo com Marcelo, uma considerável pesquisa de campo é sempre conveniente. É preciso conhecer o mercado que adentrará.

Nesses levantamentos, apure aspectos gerais do contexto do setor; os pontos positivos, negativos; as estratégias de seus futuros concorrentes; as chances de lucratividade e de possíveis prejuízos; conhecimento de seu público-alvo e de eventuais fornecedores.

Uma pesquisa aprofundada tratá excelentes resultados.

2. Seja apaixonado pelo negócio que procura

Saiba escolher o campo que atuará com base em seus gostos particulares. Escolher um segmento somente por sua possível rentabilidade não é nada aconselhável.

Não adianta fazer algo que não gosta. Por exemplo, em meu caso, adoro tecnologia, coisas inovadoras, pessoas… por isso, faço tudo com muita paixão. Seja um empreendedor de sucesso mesmo não ganhando muito dinheiro, sendo feliz com suas escolhas e suas conquistas”, destaca Marcelo.

3. Tenha uma quantia de dinheiro para garantir 6 meses de operação

A dica é um alerta. Para Marcelo, o capital necessita render, no mínimo, em uma periodicidade semestral.

Com isso, suas chances de prejuízo serão menores. Isso está atrelado ao planejamento empreendedor e financeiro.

4. Trabalhe muito

Apesar de ser uma recomendação corriqueira, está além do esforço para o sucesso do negócio. Está na vontade de fazer dar certo, juntamente do foco e do estímulo para gastar horas de lazer para com seu empreendimento.

Acredite, todo o esforço inicial é totalmente válido para o andamento de suas movimentações. “Enquanto seu concorrente dorme, você trabalha, isso aumenta, consideravelmente, suas chances”, afirma Marcelo.

5. Não desista fácil

Se você está disposto a empreender, precisa estar, também, preparado para prováveis mudanças repentinas, prejuízos e insucessos.

Tenha ciência, antes de sua entrada no mercado, que nem tudo será conforme planejou e, muito menos, como esperou que seria ou vai ser.

Marcelo Salomão diz que a resiliência é essencial para o nicho. “Não se trata de quão forte pode bater, se trata de quão forte pode ser atingido e continuar seguindo em frente”, frisa.

Publicado em Franquias

Atenção ao prazo para a entrega da ECF

 

ECF Gigatron

Último dia útil do mês de julho deste ano. Esse é o prazo que deverá ser entregue a Escrituração Contábil Fiscal (ECF) referente ao ano de 2015.

De acordo com site da Federal, o ECF “é o Instrumento que unifica as atividades de recepção, validação, armazenamento e autenticação de livros e documentos que integram a escrituração comercial e fiscal dos empresários e das sociedades empresárias, mediante fluxo único, computadorizado, de informações.”

Desta vez, houve a inovação da inclusão do Bloco Q – Demonstrativo do Livro Caixa para empresas e estabelecimentos de Lucro Presumido. Dessa forma, é facultativo para o ano-calendário 2015 e tem a obrigatoriedade apenas para o arquivo referente ao ano-calendário atual.

Segundo a Instrução Normativa RFB nº 1.633, expedida no dia 3 de maio de 2016, para a entrega são obrigatórias duas assinaturas: uma do contabilista e uma da pessoa jurídica. Com isso, alguns métodos facilitadores para o preenchimento seguro são, além de recomendados, obrigatórios.

Sendo assim, o certificado digital é o caminho a ser utilizado. Por sua facilidade, confidencialidade e segurança, trata-se de um sistema que pode auxiliar na redução de possíveis erros e neutralizar prováveis fraudes.

Após o envio, a assinatura será verificada quanto ao prazo, existência e validade para a pessoa jurídica identificada na ECF, a fim de constatação de identidade.

O certificado digital funciona como uma garantia de que você está realmente seguro, através do processo de homologações e assinaturas criptografadas. As assinaturas digitais só podem ser aceitas quando são certificadas por alguma autoridade, que vai associar a uma chave e criar, então, o certificado digital, que tem um valor jurídico”, explica Victor Ruiz, agente de registro da franquia de certificados digitais da Gigatron.

Para mais informações a respeito dos certificados, acesse www.gigatron.com.br.

Publicado em Franquias

Novos campos serão validados no programa da NF-e

NF e

Com início em 1º de julho de 2016, o programa da NF-e, agora, começará a validar o campo do Código de origem da mercadoria com o campo da alíquota aplicada à operação. Com isso, serão negados os arquivos da NF-e que apontarem incoerências entre a alíquota aplicada à operação e o Código de origem da mercadoria.

O processo, neste instante, exige atenção aos usuários. Contudo, dentre as principais vantagens, a menor possibilidade de erros e divergências tornará a realização mais fácil.

A recente validação permite à fiscalização tributária impedir erro antes de que o mesmo chegue a SEFAZ. Quando há alguma inconsistência, a NF-e é recusada. Do ponto de vista do GigaERP não tivemos que realizar nenhuma nova alteração para atender essa demanda. O sistema já tinha todos os campos envolvidos no processo, pois nossa equipe sempre está se antecipando no atendimento as exigências de legislação”, explicou Sérgio Tonsig, Analista de Negócios da Gigatron Tecnologia.

Todavia, os dados inseridos em um sistema são de responsabilidade do usuário. Não adianta um sistema ter os campos necessários e neles serem inseridos dados inválidos.

Nossa preocupação foi, também, orientar as nossas franquias sobre a validação, colocando a notícia, antecipadamente em nosso portal, para que, assim, pudessem ver junto aos seus clientes as ações necessárias de conferência e ajustes dos dados”, frisa Sérgio.

Do ponto de vista da SEFAZ, permitirá ao estado menor custo (em ter que notificar depois os contribuintes sobre erros nos documentos)”, afirma o Analista de Negócios. “Não vejo desvantagem, mas, sem dúvida, irá requerer maior atenção do contribuinte ao gerar uma NF-e. Melhor assim, do que se ele fosse receber multas, por erros gerados”, complementa.

Para mais informações a respeito do GigaERP, acesse www.gigatronsoftware.com.br.

Publicado em Franquias
Categorias

Insira seu e-mail para seguir esse blog e receber nossas novidades.

Junte-se a 2.300 outros seguidores

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
Gigatron Franchising
(18) 3642-9008
Segunda a Sexta das 08:00 as 18:00
e-mail: marcelo@gigatron.com.br
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.300 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: